Candy


Dan e Candy estão viciados um no outro, e também, na heróina. Essa é a história de um amor louco, inconsequente e sem limites. Mesmo com muitas razões para repudiá-lo, o casal de junkies totalmente desregrado consegue transmitir empatia em um relato honesto. Heath Ledger e Abbie Cornish mostram desempenhos fortes o suficiente para carregarem o longa-metragem. O que gera desconforto são os clichês e a falta de entusiasmo.

Perdidas no meio do projeto, duas cenas fantásticas: a sensacional abertura do filme quando Dan e Candy entram numa centrífuga humana em um parque de diversões e quando Dan encontra as paredes de sua casa pintadas com um texto de Candy.

O título Candy refere-se tanto ao nome da personagem de Abbie como também faz alusão as drogas (candy = doce). O filme é baseado no romance de Luke Davies, lançado em 1997.


Nota: 6,2

1 comentários:

HellReizel disse...

pq será qe essa temática sempre me atrai.....só não entendi, o filme ou o livro é de 97? onde eu acho??? socorro Max Cirne, agora eu preciiiso (fissura, sacou? hehe)...

beiju!

Postar um comentário