O Caçador de Pipas

Adaptação de um fenômeno literário, O Caçador de Pipas mantêm-se fiel à obra original, sem abrir mão de ser falado em uma das línguas do Afeganistão, o dari. Apesar de terem filmado em paisagens desoladas da China, essas locações substituíram primorosamente a capital Cabul, dando uma veracidade impressionante à produção e não evoca o caráter hollywoodiano da qual pertence.

A história inicia no fim dos anos 70, com a relação entre Amir e Hassan, dois amigos que vivem sob o teto do pai do primeiro. Hassan é filho do empregado da casa e também é hazara, etnia considerada inferior no país. Os dois participam dos torneios de pipas, até a chegada do regime Talibã e o fim de toda diversão. A situação muda quando um ato de traição abala a amizade.

O diretor Marc Foster atua com sensibilidade no desenrolar da trama, assim como fez no filme Em Busca da Terra do Nunca. A fidelidade com o livro é grande. Os atores mirins apresentam desempenhos que tornam o longa mais comovente. Um bom filme para quem leu o livro – e melhor ainda para quem não leu.

Nota: 7,8

1 comentários:

~ Daniela ~ disse...

hummm, eh, talvez eu veja em DVD :)

Postar um comentário